Produtos

Válvula de Esfera Tripartida CL.150 lbs, Cl.300 lbs de passagem reduzida Roscada ou Flangeada
Válvula de Esfera Atuada
30 de maio de 2016
Eliminador de Ar Predial Mod. EAP-01
Ventosas
30 de maio de 2016
Exibir tudo

Eliminador de Ar Predial Mod. EAP-02
Ventosas



Folheto Técnico Catálogos
Categorias , .

Eliminador de Ar Predial Mod. EAP-02

Com extremidades roscadas BSP

Tamanhos:

DN 3/8” – DN 1”.

Corpo:

Latão.

Sistema de Purga:

Por meio de Boia.

Bóia:

Polipropileno.

O´ring:

Buna-N.

Mola:

Aço Inox.

Extremidade Roscada:

Rosca Macho conforme ISO 228/1.

Agulha:

Latão.

Pressão de trabalho:

10 bar máximo.

Temperatura de trabalho:

110 ̊C máximo.

Aplicação:

Sempre que iniciada ou reiniciada a alimentação de uma rede hidráulica em circuitos fechados como em edifícios, a tubulação fica repleta de ar, que deve ser purgado para um escoamento normal do fluido. Com a ventosa, não há necessidade de se elevar prumadas acima dos níveis de caixas d`água para o respiro, economizando nos tubos, pois o mesmo efetua a eliminação do ar impulsionando a boia e acionando o mecanismo que veda completamente a saída, mesmo que haja vibração na tubulação, como por exemplo em linhas de recalque próximo as bombas.

Os gases podem gerar inúmeros problemas nos sistemas de climatização e calefação, como a corrosão, depósito de impurezas, ruídos, mal circulação, assim como a diminuição da potência térmica. A maior parte vem através da atmosfera (gás oxigênio e nitrogênio), outros gases aparecem também durante o ciclo de calefação (Co2, hidrogeno, amoníaco e metano entre outros). O purgador automático extrai gases acumulados nestas instalações durante o processo de enchimento do tanque e facilita a entrada de ar durante o processo de esvaziamento do tanque. O processo de purga não se realiza em locais de fluxo de fluidos diretamente na tubulação. Neste caso a purga somente se realiza enquanto o fluido estiver em repouso.

 

foto